terça-feira, 21 de setembro de 2010

ESTUDANDO O TAROT

Podemos estudar o TAROT de várias formas, onde as mais eficientes são o estudo do simbolismo comparado, o estudo da mitologia dos povos, a meditação e o mais apropriado a quem deseja entender profundamente seu significado, a vivenciação.

Devemos lembrar que qualquer uma das técnicas escolhidas deverá ser feita com paciência e obstinação, afinal para o bom aprendizado das cartas eles devem começar a fazer parte de sua vida. O ideal é que o estudante que pretende se utilizar do TAROT como um guia para sua iniciação, faça de forma metódica o exercício das técnicas abaixo mencionadas, integrando ao seu dia-a-dia os seus ensinamentos atemporais do esoterismo que nos permite amplamente conhecer-nos, e ao universo manifesto de que fazemos parte.


SIMBOLOGIA

Para estudar o TAROT através do simbolismo comparado devemos proceder da seguinte forma:
  • Observe atentamente a figura e verifique o que ela evoca a nível cultural e arquetipal, por exemplo, o rei evoca autoridade e segurança, note ainda os objetos que complementam a figura, como uma coroa evoca poder, um livro que evoca sabedoria e assim por diante;
  • Observe o nome da lâmina;
  • Observe a ação desenvolvida na cena da figura;
  • Existe ainda, apesar de divergências entre os estudiosos, correspondência astrológica das quais podemos nos utilizar.


MITOLOGIA

Para estudar o TAROT com o apoio da mitologia, devemos estudar as mitologias de vários povos, e como as mitologias tratam de figuras arquetípicas que representam princípios universais do inconsciente humano, tal como o TAROT a relação é evidente.


MEDITAÇÃO

A meditação é fundamental e obrigatória a todos que desejam aprofundar o autoconhecimento e entender a "Trama Cósmica", para utilizar esta técnica ao estudo do TAROT, devemos proceder da seguinte forma:

  • Escolha uma periodicidade para realizar os exercícios, uma vez por dia, por semana, etc...
  • Escolha uma lâmina para tema de meditação;
  • Faça uma observação atenta da lâmina, recorde todas as atribuições que você conhece sobre ela;
  • Faça um relaxamento completo;
  • Visualizar a lâmina o mais nitidamente possível com o máximo de detalhes. Quando a imagem estiver clara acrescente movimento e observe o que você vê, preste atenção na sequência dos acontecimentos, tente aos poucos participar da cena, não tenha nenhuma ideia pré-concebida sobre a sequência das imagens;
  • Registre as impressões que teve durante o exercício.


VIVENCIAÇÃO

A vivenciação é o processo mais didático para aprender sobre TAROT e sobre nós mesmos. A técnica consiste em, atráves de um relaxamento dirigido, você observar com qual ou quais arcanos você se identifica mais. Este relaxamento, normalmente lhe leva em direção ao mundo imaginário no qual você pode entrar em contato com as várias personalidades que integram, o mundo do Tarot. Observe suas ações que correspodem a este ou estes arcanos, e veja quais ele tem que lhe faltam e cultive-as em você.

Analise as situações sob o ponto de vista da simbologia do TAROT e veja a ênfase dos acontecimentos de sua vida em cada momento e descubra a lição que deve aprender.

Quando vivenciamos uma lâmina ou seja, nos integramos plenamente ao princípio universal e o realizamos, então vencemos este grau iniciático.






Caminhos de Luz
Lucia

2 comentários:

  1. Olá minha ''conterrânea'' de signo. Tbm sou de Touro. 04-05-1961..Estava vagando na net e parei aqui..Um dia Trilhei pelo caminho único e universal. Isso ficou pra trás, mas obtive alguns esclarecimentos que hoje me ajudam a viver e aceitar as coisas,inclusive as pessoas como elas são..É curioso qdo estamos ''nesse caminho'', parece que criamos um magnetismo onde queremos saber e somos atraídos pelo misterioso. Digo isso pq na época fiquei atraído em adquirir um Tarot. Ainda guardo alguns comigo, como por Ex. O TARO SAGRADO DOS ORIXÁS, mas o que quero dizer é que não tive sucesso nas cartas, ou talvez por ansiedade não fluí como devería e abandonei tudo..Hoje sinto uma coisa estranha, pq fiquei dividido entre lá e cá..Eu consegui enxergar além do véu,mas não segui em frente. Muita coisa estava acontecendo em minha vida e fui me desanimando de tudo, até do DOM que tinha recebido. As vezes tento deixar pra lá, ser uma pessoa comum, e ao mesmo tempo não quero ser comum, pq conheço um pouco da VERDADE, e sei que não é posição social nem dinheiro que importa, mas A EVOLUÇÃO DO SER..Eu estava no caminho de algo grandioso, mas interrompi e agora fico dividido...bem...é isso..Fique em paz

    ResponderExcluir
  2. Olá Taurino.

    Entre todos os signos, os taurinos, nós, somos os mais fieis e amigos de verdade, assim como o Arcano V - O Papa, o conselheiro, regente desta carta. Também somos turrões, mas isso é um detalhe...rsrs.

    Amigo, eu também já abandonei as cartas, muitos anos atrás, quando tinha muita coisa acontecendo na minha vida ao mesmo tempo.

    Há alguns anos, através de outra filosofia, a wicca, me encantei de novo pelas cartas e não larguei mais. Tem muitos desafios neste caminho, mas é maravilhoso. Tarô requer a prática constante, assim como a persistência e o estudo das cartas. Devagar e sempre conseguimos descortinar o véu desse misterioso oráculo.

    Compartilhar /trocar idéias sobre tarô, com pessoas afins também é bem enriquecedor. As vezes estudar sozinho desanima mesmo. Por isso, criei este meu blog, para falar de tarô, da literatura que tanto me encanta pela sua diversidade.

    Se você esta dividido, é por que algo ainda te chama neste caminho. Dê outra chance.

    Bjs.

    ResponderExcluir

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos