sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Tarô de Marselha – O Mago (Competência)

O Mago (Competência)
O Arcano da Mística, da Concentração, do Impulso Criador.



Descrição da simbologia — A primeira lâmina do tarô simboliza a atividade originária e o poder criador que existe no homem.  O Mago é o homem perfeito, confiante em si mesmo e em plena posse das faculdades físicas e morais. É representado de pé, numa atitude que indica vontade pronta para agir. 
Com a mão direita segura um bastão — eixo do mundo, que se eleva para o céu —, um dos quatro emblemas do baralho. 
A mão esquerda, indicando a terra, mostra que a missão do homem é reinar neste mundo. O duplo gesto indica que a vontade humana deve refletir na terra a vontade divina. 
A fronte do Mago é cingida por um chapéu em forma de oito deitado, signo do infinito. O cinto é representado por uma serpente que morde a própria cauda, símbolo da eternidade. Na mesa à sua frente aparecem os outros três emblemas que completam o baralho: o ouro, a espada e a copa. 
No seu traje, de várias cores, destaca-se o vermelho. 
Todos estes atributos simbolizam o domínio da situação: empunhando as armas mágicas da consciência, o homem pode conquistar o mundo. 

Esta carta costuma aparecer também com outros nomes: Saltimbanco, Prestidigitador, Conjurador, Trovador, etc.

Representação abstrata — O início dos atos da vida material e mental, aspectos para os quais mais se habilita. 
A prestidigitação (do latim digitus, dedo, e praestigium, ilusão, artifício) consiste em tocar nas coisas com os dedos, modificando-as diante do mundo visível. 
Inteligência, habilidade, destreza, astúcia, presença de espírito; iniciativa, vontade, energia, poder, criação, ânimo disposto a se confrontar com os perigos; diplomacia, finura, persuasão, personalidade. 

No sentido negativo: falta de escrúpulos, intriga, exploração do outro, discussões, disputas; timidez, vontade fraca, vacilação, nervosismo, indecisões, tendência à impulsividade. No conjunto: ação e movimento.

Interpretações divinatórias — É a carta do tarô que mais sofre influência das outras cartas que se agrupam à sua volta ou a acompanham. Alude à modificação perpétua da matéria, cuja compreensão na verdade escapa ao homem, sendo, por isso, um convite à penetração na realidade invisível, que se dissimula sob a visível. 
Soma de várias possibilidades, anuncia uma ascensão nas esferas do futuro. 
Exerce sua influência nos mundos material, mental e anímico (Pertencente ou relativo à alma; psíquico)
Não se trata, portanto, de uma carta espiritual, pois os segredos a que se refere são meramente técnicos. 
Sua presença no jogo indica a modificação e o ponto de partida de qualquer coisa. 

No plano mental: capacidade de ação e de livre-arbítrio, independência; um aviso e uma criação encontram-se à disposição do consulente; ação próxima. 

No plano anímico: movimento; circunstâncias materiais favorecerão o consulente; como a carta contém um lado de ilusão, há necessidade de observar as outras para melhor definir a direção do movimento. 

No plano físico: um novo fato vai orientar a vida do consulente; pode significar o encontro com um homem jovem, tanto para a mulher quanto para o homem. Recomenda ação, trabalho, vontade, fé em si mesmo, esforço e racionalidade para resolver os problemas.


RESUMO: 

Significado abstrato: destino do homem em luta contra as forças ocultas. 

Significado prático: hesitação, malícia, mudança por oportunidade. Se estiver com uma carta forte, significa que há tendência à hesitação. 

Em posição invertida: hesitação. Moral: Prática e inteligência criativa. Reflexos rápidos. Egoísmo e materialismo. 

Físico: Atividade. Resistência e doença. 


Com as cartas: 

  •  V (O Sumo Sacerdote): Mais inspirado do que um sábio. 
  •  X (A Roda da Fortuna): Mudança ou viagem benéfica. 
  • XIII (A Morte): Não há malícia ou hesitação, mas inatividade. 
  • XV (O Diabo): Decisões irresponsáveis. 
  • XX (O Julgamento): Final Feliz. 
  • XXI (O Mundo): Conseguir riqueza com facilidade. 
  • O Louco: Enganos. Desejos incontroláveis.




Lucia


Extraído de:
Tarô de Marselha – Revista Almanaque Planeta Tarô, 6ª Edição, Jul/1989.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

Um comentário:

  1. o que significao calhar as cartas (opção de 3 tratas): Roda da fortuna (destino), Mago e Imperatriz? gostaria de saber urgentemente

    ResponderExcluir

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos