sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Tarô de Marselha — A Imperatriz (Fecundidade)

A Imperatriz (Fecundidade)
O Arcano da Magia Sagrada, da Força Mediadora, da Mãe.


Descrição da simbologia — O terceiro arcano do tarô simboliza a produtividade material: a natureza geradora de uma nova vida em constante atividade — união dos dois princípios anteriores. Apresenta a imagem de uma mulher em posição rígida e hierática, com um sorriso no rosto. 
Seus atributos são o cetro, a coroa, o escudo e o colar. O cetro revela o sentido do comando e da ação da figura e é guarnecido, na extremidade, por um globo, imagem do mundo, signo da natureza sempre em evolução. 
A águia sobre o escudo é o símbolo da alma sublimada no seio da espiritualidade, da elevação e voo do espírito. 
A coroa de doze estrelas representa o poder criador do sol no seu percurso durante o ano ao redor do zodíaco. 
O colar de ouro é formado por um triângulo, uma alusão ao encontro do princípio ativo com o passivo, do consciente com o inconsciente, sendo que o primeiro se impõe ao segundo e o sustenta. 
Todo o conjunto mostra uma inteligência ativa, equilibrada por uma sabedoria absoluta.

Representação abstrata — A multiplicação manifesta-se através do masculino, mas usando a emoção e o sentimento como armas e não o pensamento e o controle intelectual do Mago. Império exercido através do afeto. 
Graça, afabilidade, encanto, poder da alma, educação, generosidade, penetração nos seres. Abundância, maternidade, fertilidade, fecundidade, proteção, honestidade de sentimentos, cuidado materno, estabilidade doméstica. Inspiração ou conforto através do contato com a natureza. Elaboração, evolução, fôlego, dinamismo. Possibilidade de comunicação com o visível e o invisível, livre de dualidade e alternância. Germinação dos atos que devem nascer da vontade. 

No sentido negativo: ligeireza no amor, sedução, vaidade, coqueteria, luxo, afetação, desejo sem espírito, frivolidade, pompa, pose, ostentação de noções superficiais; alienação psíquica, tirania materna. 

No plano geral: produção material e espiritual.

Interpretações divinatórias — Possui o sentido de multiplicidade, razão pela qual se deve interrogar as cartas à sua volta. Multiplica os efeitos das cartas vizinhas. 
É neutra e age como as ondas, a estrada, o caminho, servindo para transmitir alguma coisa. Obtenção de bens materiais como consequência de contínuos esforços, apesar dos obstáculos. 
Satisfação em vencer as dificuldades. Êxito nos empreendimentos, se souber unir a atividade fecunda à retidão de espírito. 

No plano mental, ao qual está adaptada, permite o ensino e a comunicação; coordena e associa; é mediadora entre o 2 e o 4, a fecundidade e a estabilidade. 

No plano anímico, representa as forças do pensamento que ligam o microcosmo ao macrocosmo, mas, como é muito presa aos sentidos, a comunicação é ainda grosseira. 

No plano físico: os intermediários, os mensageiros, os carteiros, os livros, a edição, o avião, as viagens; pessoas jovens e inteligentes que agirão em favor do consulente. 
Anuncia alegria e satisfação dos empreendimentos, à medida que os obstáculos forem sendo vencidos.


RESUMO: 

Significado abstrato: o poder passivo do mundo material. 

Significado prático: força contra a qual não se pode reagir. É uma carta forte, que influencia as outras cartas e não sofre influências. Sua presença representa um estado em que nada pode se alterar. 

Em posição invertida: atraso na concretização de um fato. 

Moral: Ambição. Compreensão. Sutileza. Fineza. 

Físico: Viagem de negócios bem sucedida.


Com as Cartas: 

  • I (O Mago): Antes do Mago: a) ambas as cartas em posição normal: sucesso no empreendimento, desde que se use a necessária diplomacia. b) a primeira invertida e a segunda em posição normal: infortúnio, fracasso devido a azar inesperado. c) ambas invertidas: infortúnio, sem esperança de melhora. 
  • V (O Sumo Sacerdote): Resistência física. 
  • VII (O Carro): Vitória. Se as duas cartas estiverem invertidas e ela estiver antes do Carro, representa duas forças que se neutralizam; decadência total. 
  • X (A Roda da Fortuna): Aumento da fortuna por mérito. 
  • XV (O Diabo): Sensualidade. Brigas. Ciúmes. 
  • XX (O Julgamento): Aperfeiçoamento inesperado. Recompensa. 
  • XXI (O Mundo): Talento. Astúcia. Nascimento de uma criança. Desejo de união. 
  • O Louco: Displicência. Desperdício.



Lucia


Extraído de:
Tarô de Marselha – Revista Almanaque Planeta Tarô, 6ª Edição, Jul/1989.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos