sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Tarô de Marselha — A Estrela (Esperança)

 A Estrela (Esperança)
O Arcano da Esperança, do Crescimento e da Mãe do futuro.



Descrição da simbologia — O arcano dezessete simboliza os benéficos influxos cósmicos que renovam e fazem florescer a vida na terra. 
É figurado por uma mulher nua, com o joelho apoiado no chão, segurando duas jarras, uma em cada mão. A água — fluido da vida universal — contida nas jarras é derramada, em parte, numa superfície de água e, em parte, na terra. 
Do chão amarelo brota uma planta verde de três folhas, sugerindo uma acácia, símbolo da imortalidade. 
Ao fundo, destacam-se dois arbustos, com um pássaro pousado em um deles. 
Acima dessa figura, uma estrela flamejante de oito raios, rodeada de outras sete estrelas, parece aludir astronomicamente à constelação das Plêiades (uma estrela grande com sete pequenas à volta) ou ainda aos sete planetas com o sol no centro. 
De qualquer forma, o sentido simbólico desta imagem parece ser a comunicação entre os quatro elementos — ar, água, terra, fogo: a vivificação dos líquidos pelas luminárias celestes e a transmissão do conteúdo dos recipientes à terra e à própria água material. 
Em todas as mitologias, a estrela é um sinal da divindade, de um guia.

Representação abstrata — O homem, enquanto parcela cósmica, comunica-se com uma luz do céu e retorna à via da espiritualidade e da harmonia. 
A natureza amável e bela. A mãe jovem, consoladora e clemente. A juventude, o bom humor, os sonhos, a poesia. Esperança e visão íntima das possibilidades de futuro. Criatividade. Inspiração. Intuição para resolver os problemas comuns da vida. Entusiasmo e bom humor. Adaptação às necessidades: suporta-se alegremente qualquer dificuldade e até a miséria. Confiança, inocência, ingenuidade, encanto, sensibilidade, ternura. União entre a mente e o coração. Compaixão. Revelações. A própria vida como religião. 

Sentido negativo: curiosidade indiscreta; falta de confiança em si mesmo, dúvidas; sensualidade, negligência; rigidez mental de quem não se estende além dos limites conhecidos; falta de amor ao semelhante, à humanidade e à beleza; falta de equilíbrio e de controle.

Interpretações divinatórias — É uma carta benéfica, de esperança e consolo, que conduz a novas criações e a uma ajuda tanto espiritual quanto material. 
Tem o poder de neutralizar uma carta maléfica, como o Diabo. 

No plano mental: influxos que mostram o caminho, inspiração e fé nos objetivos. 

No plano anímico: a influência dos elementos e astros em nossas vidas; revelação de uma missão ou vocação. 

No plano físico: permite atingir a satisfação do desejo, renova o ambiente trazendo verdadeiros amigos; socorro e ajuda amigável; encontro de uma doce e verdadeira afeição — um amor; encontro com alguém que trará inspiração e harmonia.


RESUMO

Significado abstrato: harmonia baseada nos elementos psíquico e espiritual, em todas as suas formas. 

Significado prático: satisfação, amor pela Humanidade. 

Em posição invertida: a harmonia do destino do consulente é rompida, harmonia física de pouca duração. 

Moral: Proteção oculta. Serenidade. Ir em frente, dinâmica natural. 

Físico: Resistência para doenças. Rápida recuperação.


Com as Cartas: 

  • I (O Mago): Antes do Mago, ambas em posição normal: esperanças de se concretizar uma união harmoniosa no plano físico. Após O Mago, ambas em posição normal: após altos e baixos, a harmonia será restaurada pela força do destino. 
  • III (A Imperatriz): Antes da Imperatriz, ambas em posição normal: um destino feliz. Após A Imperatriz, ambas em posição normal: vontade forte e determinante de atingir o sucesso. Invertida, antes da Imperatriz em posição normal: a harmonia é destruída por uma Força superior. 
  • V (O Sumo Sacerdote): Sólido crescimento. Voluntariedade inabalável. 
  • X (A Roda da Fortuna): Má organização do trabalho. 
  • XV (O Diabo): Pedido ingrato. 
  • XVI (A Casa de Deus): Após A Casa de Deus, ambas em posição normal: fim de um sentimento. 
  • XX (O Julgamento): Uma oportunidade passageira. Pegue-a! 
  • XXI (O Mundo): Sucesso com certeza. 
  • O Louco: Imprudência. Um engano de gosto ou de escolha. Medo.





Lucia


Extraído de:
Tarô de Marselha – Revista Almanaque Planeta Tarô, 6ª Edição, Jul/1989.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos