sexta-feira, 30 de junho de 2017

Tarô dos Orixás — Arcanos Menores - COPAS

A maioria dos baralhos apresenta figuras muito simples e padronizadas nos naipes, o que dá pouco alimento para a imaginação. Para fugir desse padrão, escolhi para a decoração dos naipes figuras relacionadas a alguns mitos e a objetos de culto brasileiros e africanos. Na descrição dos naipes, além do significado tradicional da carta, há uma descrição sucinta dessas figuras.



Copas 

Simboliza o elemento Água. 
No mundo exterior, representa a emoção, o afeto, o domínio; no interior, o sentimento. 
No plano esotérico representa a abertura total para receber e dar, a atração e a compaixão. 
Como seu símbolo é a taça, usei recipientes que aparecem nos mitos e rituais. 
As figuras são orixás ligados à água.

As Cartas:

1 — (Igbá – Cabaça do Mundo) 
Olorun, o criador, criou Igbá, a cabaça do mundo, metade escura (a terra) e metade clara (o céu). 
Início de relações afetivas, esperanças, fartura, fertilidade, receptividade, felicidade. 

2 — (Céu e Terra) 
As duas metades se separam e se tornaram Obatalá (o céu) e Odudua (a terra). 
Impulso de se unir, coração dividido, rivalidade. 
Necessidade de dar mais atenção a detalhes do relacionamento. 

3 — (Céu, Oceano e Terra) 
Na parte inferior, há a terra central e o oceano em volta. 
Necessidade de autoconfiança para realizar planos; obstáculos criados por si mesmo. 

4 — (Os 4 Elementos) 
Os quatro elementos: ar, água, terra e fogo. 
Realização emocional, atividade satisfatória, afetos sólidos, alegria. 
Pode se enfatizar com o que tem. 

5 — (No Centro, o Eixo do Mundo) 
“Opa Oranian”, o bastão, que une o céu e terra, fica no centro dos elementos. 
Mudança: alguém que se vai ou que vem (pode ser filho real ou figurado), risco de sedução e ameaça, resultado falho (bom ou mau). 

6 — (Cozinha dos Santos) 
O material da cozinha dos santos é tratado com o maior respeito. 
Resultados bons ou maus de escolhas antigas; necessidade de tomar decisão, dedicar-se a alguém ou sacrificar-se.

 7 — (Padê de Exu) 
A primeira etapa de qualquer ritual é agradar a Exu. 
Realização de desejos e projetos, mas só com muita luta e ajuda. 
Necessidade de esclarecer desentendimentos. 

8 — (As Oito Direções) 
Para os Iorubá, o mundo se divide em oito direções, cada uma com seu orixá. 
Necessidade de dar amor, coisas que perderam a importância e precisam ser abandonadas.
Risco de pesadelos e escândalos por uniões erradas. 

9 — (Peji) 
No Peji ficam os assentamentos onde vivem os orixás. 
Realização dos desejos por meios normais ou não. 
Prazer, prosperidade. 
Cuidado com desejos e decisões erradas. 

10 — (Festa do Santo) 
Na festa dos santos são servidos seus pratos preferidos. 
Aproximação de pessoas com boas notícias e soluções de problemas. 
Afeto, alegria. 

PAJEM — Oxum, mãe da água doce. 
Jovem sensível, afetivo, observador; notícias sobre pessoa querida, aventuras, afetos.
Meditação. 

CAVALEIRO — Logun Edé, caçador e ninfa, é tanto da terra como da água. 
Alguém que se aproxima ligado a sonhos e sensações. 
Visitas, viagens. 

RAINHA — Iemanjá, a mãe d’água, rainha do mar. 
Bela e sensual, sábia e amorosa, criativa, nobre; guia-se pelo instinto, pode ter conduta equívoca. 

REI — Oxóssi, dono do sangue dos animais e da seiva das plantas (água viva). 
Íntegro, maduro, nobre, sábio, orientador, protetor, mestre. 






Lucia


Extraído de:
Tarô dos Orixás –  Eneida Duarte Gaspar, Editora Pallas.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos