sexta-feira, 21 de julho de 2017

Tarô dos Orixás — Arcanos Menores - ESPADAS

A maioria dos baralhos apresenta figuras muito simples e padronizadas nos naipes, o que dá pouco alimento para a imaginação. Para fugir desse padrão, escolhi para a decoração dos naipes figuras relacionadas a alguns mitos e a objetos de culto brasileiros e africanos. Na descrição dos naipes, além do significado tradicional da carta, há uma descrição sucinta dessas figuras.

Espadas 

Simboliza o elemento Ar. 
No mundo exterior representa a luta, o obstáculo; no interior, o pensamento lógico e abstrato. 
No plano esotérico, simboliza a crítica a tudo que foi feito antes, a luta contra as falhas e ilusões, o abandono dos rituais externos. 
Como seu símbolo é a espada, usei espadas, lanças, flechas e tridentes que são armas de vários orixás. 
As figuras são orixás ligados ao ar.

As Cartas:

 1 — (A Arma dos Guerreiros)
 A espada, arma dos guerreiros. 
Início de fase emocionalmente turbulenta. 
Unidade; luta contra obstáculos, conquista pela força (para o bem ou o mal), violência. Obsessão, excesso de apego. 

2 — (A Arma dos Caçadores) 
Arco e flecha, arma dos caçadores. 
Situação temporária, precisa fazer algo que não gosta; luta para defender ligações ou contra rivalidades, equilíbrio em situação dúbia ou agressiva. 

3 — (O Tridente de Exú) 
Obstáculos, inércia. 
Afastamento por desgostos, ruptura, dispersão, desordem, desprezo, aversão. 
Fecha-se mentalmente por medo. 

4 — (As 4 Direções do Mundo) 
As lanças das quatro direções no mundo (fetiche africano). 
Momento de calma, recuperação, construção, organização. 
Repouso ou exílio, retiro solitário e seguro. 
Conservação, avareza. 

5 — (As 4 Direções e o Centro) 
A quinta direção é o centro. 
Destruição, limpeza, castigo. 
Degradação, desonra, ruína, separação, perda. 

6 — (Ferramentas de Ogum) 
Necessidade de seguir um caminho que pode exigir sacrifício; tentações, indecisão, revelação de segredos. 
Busca de harmonia. 

7 — (Lanças de Obaluaiê) 
A ferramenta de Obaluaiê é um jogo de lanças. 
Tentativa de realizar planos que podem falhar por serem muito ambiciosos. 
Risco de acidentes e catástrofes imprevistas. 

8 — (Barreira nos Caminhos) 
Um jogo de lanças que pertence a Exu. 
Posição instável por causa de calúnias. 
Inveja, obstáculos. 
Perdas, roubos, condenação, doença. 
Autoimagem ruim. 

9 — (Ferramenta de Exu) 
O tridente múltiplo de Exu. 
Prisão a ilusões, medo de mudanças e fracassos. 
Risco de decepções e atrasos. 
Necessidade de se adaptar às mudanças. 
Imaginação. 

10 — (Armas de Todos os Orixás) 
As diferentes armas dos vários orixás. 
Alternativas de ganhos e perdas, obstáculos inesperados, desentendimentos com parceiros, risco de traição. 
Doenças. 

PAJEM — Ibeji, as crianças. 
Vigilante, espião, traidor. 
Paixão com brigas. 

CAVALEIRO — Ogum, que abre os caminhos. 
Impulso para perseguir, lutar, defender-se ou atacar. 
Destruição, calúnia, risco de morte. 

RAINHA — Ewá, a chuva, é uma misteriosa deusa celeste. 
Sofrimento com dignidade, tristeza, perda, solidão. 
Mulher cruel, falsa, intrigante; inimiga perigosa. 
Privação, esterilidade, ciúme, traição. 

REI — Oxalá é o Grande Pai celeste. 
Homem maduro, poderoso, decidido. 
Poder, autoridade, rigidez; contato com justiça e armas; uso de força.






Lucia


Extraído de:
Tarô dos Orixás –  Eneida Duarte Gaspar, Editora Pallas.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de postar!

Devido a falta de tempo, dúvidas ou ajuda na interpretação de cartas e jogos serão respondidas somente via e-mail, faça seu pedido acessando o link:

→ Aulas de Tarot - Interpretação de Jogos - http://samantha-tarologa.blogspot.com.br/p/aulas-praticas-de-tarot-interpretacao.html

Pagamentos via PayPal e PagSeguro.


Agradeço a sua visita.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Selos